sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

A Difícil Missão de... (livro) - Parte 01


TÍTULO DO LIVRO: Ä DIFÍCIL MISSÃO DE SEGUIR A CRISTO
AUTOR: ADALBERTO CLAUDINO PEREIRA
PONTOS DE REFERÊNCIAS: A BÍBLIA SAGRADA E A EXPERIÊNCIA DE VIDA DO AUTOR
INÍCIO DA OBRA: JANEIRO DE 2001
TÉRMINO DA OBRA: JUNHO DE 2006

PARTE INTRODUTÓRIA

Esta obra não tem o objetivo de promover conflitos. Seu objetivo maior é levar o leitor a uma reflexão sobre a sua comunhão com Deus, a questionar a sua vida cristã. Nenhum objetivo de distanciá-lo da igreja. Nada aqui é fictício, sonho ou invencionice, mas uma realidade vivida por mim ao longo de minha vida como servo do Senhor.
Alguém pode até perguntar por que eu resolvi produzir este trabalho. Eu responderia que a idéia surgiu a partir do momento em que, ao dar opiniões sobre determinados temas, inclusive nas escolas Bíblicas Dominicais, eu sempre era mal interpretado e como não havia tempo para minhas justificativas, prevaleciam as más interpretações. Daí, surgir a idéia de produzir este trabalho. Aqui, eu digo tudo aquilo que tenho vontade, sem que ninguém me interrompa ou me impeça de mostrar as verdades, mesmo que estas venham desagradar muita gente.
O que mais me conforta é saber que este trabalho só desagrada àqueles que têm medo da verdade. Os que aceitam as minhas colocações (com bases bíblicas), mesmo sendo vítimas das verdades nelas contidas, são pessoas conscientes de que realmente falta muito para que suas vidas sejam transformadas. São aqueles que estão conscientes de que é muito difícil a missão de seguir a Cristo.
Minha freqüência na igreja começou aos meus quatro anos de idade, na Igreja Batista de Abreu e Lima (Pernambuco), isso por volta de 1945. Depois, lá pelos idos de 1949, motivado pela mudança de meus pais para Campina Grande (Paraíba), comecei a frequentar a Primeira Igreja Batista daquela cidade.
Em 1961, com a mudança de meus pais para Patos (Paraíba), passei a frequentar a Igreja Batista daquela cidade, onde residí até 1984, ano em que me transferí para Petrolina (Pernambuco).
No ano de 1986, fui para Araripina (Pernambuco), onde freqüentei a Igreja Batista.
Em 2001, resolví fixar residência no Distrito Federal, mais precisamente na cidade do Gama, passando a freqüentar a Primeira Igreja Batista – PIB GAMA. Insatisfeito com alguns fatos que disvirtuaram as verdadeiras doutrinas batistas, resolvi afastar-me daquela Igreja e passei a frequentar a Igreja Presbiteriana Central do Gama - IPCG (2008).
Nesta minha trajetória, fiquei afastado do evangelho por um longo período (em Patos, Petrolina e Araripina).
Vários foram os pastores com os quais conviví, guardando dos mesmos grandes recordações. Alguns deles foram servos fiéis. Outros deixaram muito a desejar. Entre os verdadeiros servos do Senhor, sinto-me orgulhoso em citar os pastores Severino Azevedo (Abreu e Lima); Silas Falcão (Campina Grande); Silas Mello (Patos-Pb); Marcos José Limeira e Carlos Rolemberg (Araripina), Genilson Vaz e Misael Batista do Nascimento (Gama). Acrescente-se a estes o Pr. João Norberto, sucessor do Pr. Silas Falcão, na Igreja Batista de Campina Grande.
Como membro da Igreja Batista de Patos, integrei o coral, fui Primeiro Secretário, professor da classe de Jovens, apresentei o programa evangélico Ä Voz Batista do Sertão”, pela Rádio Espinharas, e fiz muitas pregações da Palavra de Deus em cultos realizados ao ar livre, promovidos pela mocidade daquela igreja.
Em Araripina, como membro da Igreja Batista local, fui Superintendente e professor da Escola Bíblica Dominical; fui Diácono; coordenei e apresentei um programa evangélico na Rádio da Grande Serra; formei o coral da igreja; integrei o Grupo de Louvor e, por diversas vezes, usei o púlpito para pregações da Palavra do Senhor; fiz várias composições de hinos evangélicos.
Na PIB GAMA, integrei o coral dirigido pela irmã Josenilda Vaz; fui professor da Escola Bíblica Dominical e vivi grandes momentos como servo do Senhor. Fui ordenado Diácono pela Primeira Igreja Batista do Gama, em 27 de junho de 2004.
Na Igreja Presbiteriana Central do Gama, participo do coral "Louvor que Renova", dirigido pelo diácono Laelton.
Até aqui, tenho três momentos que foram de grande significância na minha vida como servo do Senhor: participar da Cantata de Natal “Deus em Nós”, de Don Moen, no Teatro Nacional de Brasília, com um coral de trezentas e vinte vozes, e orquestra sinfônica, dirigida pelo maestro Heron Duarte; palestra proferida para os jovens da PIB GAMA, sobre o tema “Casamento Verdadeiro e Verdadeiro Casamento”; e pregação da palavra na igreja Presbiteriana do Setor Oeste do Gama, a convite do Pastor Neurivaldo. Por tudo isso, dou graças ao Senhor Jesus Cristo.
UMA OBSERVAÇÃO: Este livro foi muito importante para a minha vida espiritual, pois, à proporção em que abria a Bíblia Sagrada para minhas pesquisas, o Espírito Santo de Deus mostrava que eu precisava passar por uma transformação. A grande verdade é que eu me transformei num alvo do meu próprio trabalho.

(Segue a Parte 02)

2 comentários:

  1. Caro irmão Claudino:
    Estou pesquisando a origem das Igrejas Batistas de Pernambuco, inclusive de Araripina. Poderia me ajudar e enviar alguma informação sobre essa Igreja e sua organização. Um fraterno abraço, do seu conservo em Cristo

    Francisco Bonato Pereira
    pastor da IB Siriji
    pesquisador de Historia dos Batistas em PE
    fbonato52@hotmail.com

    ResponderExcluir